Home / EAD / Inteligência Financeira

Inteligência Financeira

Desenvolver e utilizar a inteligência financeira é o ponto crucial que separa as pessoas de mentalidade pobre daquelas que se tornam ricas. Quantos indivíduos, mesmo muito instruídos, continuam com uma mentalidade pobre, lutando com problemas financeiros durante toda a vida? Toda essa reflexão e as repostas para muitas perguntas sobre finanças pessoais estão na obra de Robert T. Kiyosaki: “Pai rico, pai pobre.” Robert dá muitas respostas através de lições. A primeira delas, e provavelmente a mais importante, é que “as pessoas de mentalidade pobre, e que pertencem à classe pobre e à classe média, trabalham pelo dinheiro. Os ricos fazem o dinheiro trabalhar para eles”.

Existem pessoas que não aceitam trabalhar para ganhar pouco ou por um valor que não acham justo, e é o fato de elas não aceitarem que determina que podem aprender a ser ricas. Mas a maioria das pessoas prefere não arriscar e se sentir seguras, ou seja, não são conduzidas pela paixão de ganharem mais, e sim pelo medo.

Se essa questão tivesse de ser resumida em uma única regra, ela seria: “Você tem de conhecer a diferença entre um ativo e um passivo e comprar ativos”. Caso deseje ser rico, isso é tudo o que precisa conhecer. É absurdamente simples, mas é muito profundo. A maioria das pessoas sente dificuldades financeiras porque não conhece a diferença entre um ativo e um passivo. As pessoas ricas adquirem ativos (investem dinheiro em coisas que geram dinheiro), já os pobres e a classe média adquirem obrigações pensando que são ativos.

Por exemplo: compram carros achando que são ativos; na verdade, todo carro é um passivo, pois gera despesas (seguro, gasolina, IPVA, manutenção etc.), sem contar que um veículo novo perde cerca de 25% do preço no momento em que sai da concessionária. Simplificadamente, um ativo é algo que põe dinheiro no seu bolso e um passivo é algo que tira dinheiro do seu bolso.

O que você precisa é saber gerenciar suas entradas e saídas, independentemente de onde trabalhe. Pense deste modo: uma vez que um real entra na coluna dos ativos, ele se transforma em seu empregado. O melhor do dinheiro é que ele trabalha 24 horas por dia e pode fazê-lo durante gerações.

(excertos das edições 250/251 de “Gestão em Vendas”)

About forum_admin

Veja também

Ganhar e perder entre as orelhas

O mundo está repleto de gente talentosa, capacitada para enfrentar os mais diversos desafios. Mas …