Home / Editores / Carlos Alceu / Mercado de Apartamentos Não Tem Mais Grandes Descontos & Outras Notas

Mercado de Apartamentos Não Tem Mais Grandes Descontos & Outras Notas

MERCADO DE APARTAMENTOS NÃO TEM MAIS GRANDES DESCONTOS
Esgotado o ciclo de superprodução de apartamentos, percebe-se que em algumas praças já há falta de imóveis novos à venda, enquanto que em outras é possível observar obras sendo retomadas e finalizadas. Chegou ao fim, também, a época dos grandes descontos concedidos pelas construtoras, ávidas para se livrarem de unidades prontas que começavam a dar prejuízos. Ou seja, o melhor momento para barganhar já passou.
NÃO DEIXE QUE A BUROCRACIA ATRASE A VENDA DO SEU IMÓVEL
Mesmo quem não tem a intenção de vender um imóvel, deve estar com a sua documentação em dia. Escritura, matrícula e tantos outros papéis precisam estar no seu nome e organizados. Além de evitar imprevistos, a documentação em dia ajuda a agilizar uma eventual negociação e resguarda os proprietários de oportunidades perdidas.
APARTAMENTOS COMPACTOS DE BOM PADRÃO SÃO OPÇÃO RENTÁVEL
No momento em que temos uma das taxas de juros mais baixas da história (7% ao ano e com chances de cair para 6% em fevereiro, na próxima reunião do Copom), o investimento em imóveis volta a ser uma das aplicações mais interessantes, pois possibilita uma valorização maior do que os produtos oferecidos pelos bancos. Dentre as aplicações imobiliárias mais seguras e rentáveis, estão os imóveis compactos de bom padrão, que não se desvalorizam com o passar do tempo.
HERDEIROS NÃO RESPONDEM POR DÍVIDAS DO FALECIDO
Ao contrário do que muitos herdeiros pensam, as dívidas deixadas por alguém que faleceu não são de sua responsabilidade pessoal. Porém, os herdeiros podem sentir o reflexo dos débitos ao receberem sua parte na herança, já que as dívidas precisarão ser liquidadas com os bens deixados pelo falecido. Isto é, só após pagos os credores, o remanescente é partilhado entre os herdeiros.
CONCORRÊNCIA NO FINANCIAMENTO HABITACIONAL FICA MAIOR
A contratação de mútuos habitacionais com bancos privados, com condições semelhantes às oferecidas pela Caixa Econômica Federal, está sendo muito bem recebida pelos consumidores, que passam a ter mais opções de escolha. Para quem pretende financiar um imóvel, este é momento de pesquisar e barganhar com os bancos condições mais favoráveis para o negócio, já que a concorrência passou a ser mais acirrada.
CASAS DE CELEBRIDADES INTERNACIONAIS SÃO DIFÍCEIS DE VENDER
Muitas vezes, até celebridades famosas encontram certa dificuldade para vender suas casas. Afinal de contas, nem todo mundo tem condições de investir vários milhões de dólares na compra de um imóvel. O ex-presidente norte-americano, Barack Obama, por exemplo, está tendo problemas para negociar sua casa de férias, com 7.000 m², por cerca de R$ 55 milhões.
 
 

About Carlos Alceu Machado

Veja também

Mercado Imobiliário Se Recupera & Outras Notas

MERCADO IMOBILIÁRIO SE RECUPERA E VENDAS AUMENTAM Após passar por momentos difíceis por conta da …